FAJE
Ementas das disciplinas Mestrado em Filosofia 1.º e 2.º semestres de 2017

                                          

EMENTAS DAS DISCIPLINAS - PROGRAMAÇÃO PARA 2017

Programa de Pós-Graduação - Filosofia

 

1.º SEMESTRE DE 2017              

Disciplina obrigatória (4 créditos)

FP.016201. Ética       Prof.ª Dr.ª Cláudia M. R. Oliveira

O homem e a sociedade contemporâneos encontram-se continuamente confrontados com desafios éticos radicais. É preciso recolocar continuamente a questão ética fundamental: “como devemos viver?” O curso pretende, levando em consideração os principais paradigmas da ética — ou seja, os paradigmas teleológico, utilitarista e deontológico —, interrogar a respeito da relação que podemos estabelecer entre ética e praxis, ética e política, ética e economia, e ética e ciência.

1. Linha de Pesquisa: Ética (disciplinas optativas)

FP.117103. T. E. em Ética e Economia: Os fundamentos éticos da concepção da economia em Karl Marx, 2 cr. - Prof. Dr. Édil Guedes

O curso propõe-se à explicitação dos fundamentos éticos da concepção marxiana da economia a partir de abordagem original da obra máxima do autor, O Capital, relacionando-a também ao contexto e à significação da formação da economia política clássica, objeto da crítica de Karl Marx, como momento da afirmação da centralidade normativa da economia na vida moderna.

FP.117104. T. E. em Ética contemporânea: Reconhecimento ético e virtudes, 2 cr. - Prof. Dr. Elton Vitoriano Ribeiro

O curso busca fazer uma investigação do universo simbólico da sociedade contemporânea e sua dinâmica intersubjetiva. Este estudo será realizado confrontando as posições dos três filósofos: Henrique Cláudio de Lima Vaz, Charles Taylor e Alasdair MacIntyre. Apesar de perspectivas diferentes, os três filósofos apresentam certas opções filosóficas coincidentes. Para MacIntyre, os fundamentos da lei e das virtudes devem ser buscados nas tradições e nas relações intersubjetivas que constituem uma determinada comunidade. O vínculo central é uma visão dos bens comuns partilhados pelos membros de determinada tradição e comunidade. Esta é a forma de restituir a inteligibilidade e a racionalidade no empenho moral e social das sociedades contemporâneas. Taylor reinterpreta a questão do reconhecimento ético hegeliano. Para ele o homem é um animal social que age privilegiando certos fins e valores que são compartilhados socialmente. Estes fins e valores fazem parte do horizonte de sentido compartilhado a partir do qual cada indivíduo vive sua identidade. A partir de Hegel, Taylor interpreta a eticidade e a racionalidade como sendo fundadas socialmente. Por sua vez, Lima Vaz herda de Aristóteles a interpretação do ethos como mundo das coisas humanas. Mundo onde o ser humano vive racional e livremente suas práticas éticas, as quais se traduzem em exercícios das virtudes como uma ordenação permanente e progressiva do agir ético ao horizonte universal do bem. Assim, a virtude, como qualidade do sujeito e como movimento para um crescimento humano, é a categoria segundo a qual deve ser interpretada a universalidade da razão prática operando na vida do indivíduo e na vida da comunidade. De Hegel, Lima Vaz herda a questão do reconhecimento como o primeiro momento para a efetivação concreta da autoafirmação do sujeito como eu, que acontece sempre no encontro com o outro. Neste encontro, o coexistir é constitutivamente um coexistir em um espaço ético, espaço de relações, de fins comuns e de horizontes partilhados. O itinerário deste curso tem em vista, pensando junto com os autores, empreender uma análise crítica da configuração ética da sociedade contemporânea e uma discussão da dinâmica da intersubjetividade ética a partir dos conceitos de reconhecimento e virtudes.

FP.117106. T. E. em Ética e Empirismo:As duas Investigações de David Hume, 2 cr. - Prof. Dr. Bruno Pettersen

O objetivo desta disciplina é apresentar uma visão coesa da ideia de "natureza humana" a partir das obras Investigação sobre o Entendimento Humano e Investigação sobre os Princípios da Moral, ambas de David Hume. Estas obras revelam pontos diversos da natureza humana, indo da análise das crenças até os sentimentos morais. Nesta disciplina estudaremos os pontos centrais da natureza humana através da continuidade entre estas obras.

 FP.1171LO. Leitura Orientada em Ética I, 1 cr. - Vários professores

 2. Linha de Pesquisa: Filosofia da Religião (disciplinas optativas)          

FP.217105. T. E. em Religião e Filosofia: A crise existencial do homem moderno – o “perpetuum mobile” do humanismo e do niilismo, 2 cr. - Prof. Dr. José Benedito de Almeida Júnior

O objetivo dessa disciplina é analisar o fenômeno da crise espiritual do homem moderno, como uma consequência do modo de existência das sociedades urbanas, mercantis e materialistas. Para tanto, analisaremos os sinais da crise na arte e nas filosofias humanistas que procuraram respostas para essa crise na superação de todas as formas de transcendência limitando o estabelecimento dos valores às próprias ações humanas. Na segunda parte da disciplina, analisaremos o papel psíquico o sagrado no fortalecimento da resiliência necessária para a existência no mundo da vida; resiliência tolerante e que valoriza a alteridade.

FP.217107. T. E. em Filosofia e Mística: A dimensão espiritual do ser humano em Evelyn Underhill, 2 cr. - Prof. Dr. Clovis Gontijo

Em sua vasta obra dedicada ao fenômeno religioso, a pensadora inglesa Evelyn Underhill (1875-1941) identifica, como um dos traços distintivos do ser humano, o “instinto”, que em nós se torna consciente, para o Absoluto. É justamente às implicações antropológicas da vida espiritual e do itinerário místico, extraídas do pensamento de Underhill, que se dedicará esta disciplina, apoiando-se, sobretudo, na obra magna da autora, Misticismo, assim como em The Life of the Spirit and the Life of Today e em Man and the Supernatural. Será particularmente examinada, além da citada tendência constitutiva ao transcendente, a participação das faculdades e do corpo no contato com o divino, as etapas da via mística, a noite escura da alma, o alcance da linguagem na descrição da experiência mística e o desenvolvimento da consciência espiritual. Paralelamente, também será dado destaque a outra relevante esfera da vida humana, a contemplação estética, na qual se detectam alguns vestígios da experiência mística, considerada pela autora como a mais elevada “atividade” resguardada ao ser humano.

FP.1171LO. Leitura Orientada em Filosofia da Religião I, 1 cr. - Vários professores

 

2.º SEMESTRE DE 2017              

Disciplina obrigatória (4 créditos)

FP.016102. A Questão Filosófica de Deus - Prof. Dr. João A. Mac Dowell

Depois de apresentar a problemática religiosa no mundo atual, o curso discute, em primeiro lugar, a questão da racionalidade da fé, e, em seguida, as principais tentativas de justificar a existência de um ser infinitamente perfeito e absolutamente transcendente, concentrando-se nas interpretações do dinamismo do espírito humano na sua abertura ilimitada para o todo.

1. Linha de Pesquisa: Ética (disciplinas optativas)

FP.117209. T. E. em Ética Medieval: Ética filosófica em Tomás de Aquino, 2 cr. - Prof. Dr. Delmar Cardoso

Percorremos temas de ética filosófica presentes na Prima Secundae (primeira seção da segunda parte) da Summa Theologiae de Tomás de Aquino. Preliminarmente abordar-se-ão questões introdutórias a respeito do contexto da filosofia medieval. A seguir, investigar-se-á a pertinência ou não de uma ética filosófica dentro da intenção claramente teológica do texto tomasiano. Ademais, impõe-se o estudo do tema da ética ao lado da concepção tomasiana de ser humano, enquanto este se mostra o sujeito por excelência da ação na filosofia de Tomás. Por fim, apresentar-se-á a concepção tomasiana de que o real possui uma finalidade, conjugando o discurso da ética com a metafísica.

FP.017210. T. E. em Ética e Hermenêutica: A Hermenêutica – entre a Poética e a Ética, 2 cr. - Prof. Dr. Nilo Ribeiro

Levando em conta a viragem hermenêutica no pensamento contemporâneo, trata-se de refletir sobre seu impacto sobre a própria filosofia e sobre outras ciências afins, como a teologia. Procurar-se-á num primeiro momento situar as questões filosóficas candentes que brotam da própria história da hermenêutica como movimento, não apenas como disciplina e/ou método. Em seguida, vamos focar a atenção sobre a passagem do “discurso como palavra” para o “discurso como obra” a fim de mostrar, seja a fecundidade da Poética fixada nas diversas produções literárias, seja a maneira como na escritura se articulam compreensão e explicação de modo a se abandonar certas antinomias instauradas no seio da Hermenêutica histórica. Por último, trataremos de abordar a questão específica de uma ética narrativa a partir de obras Poéticas como maneira de estabelecer uma intriga entre discurso, textualidade e ação humana a fim de responder criticamente à tendência de o discurso ético circunscrever-se em torno do modelo reflexivo de corte aristotélico-kantiano.

FP.017211. T. E. em Ética e Psicanálise:Ética e religião na psicanálise, 2 cr. - Prof. Dr. Carlos R. Drawin

Após apresentar as teorias e conceitos fundamentais da psicanálise freudiana (metapsicologia), serão estudados e discutidos os efeitos destas concepções na Ética e na interpretação freudiana da Religião. Após esta primeira etapa do curso, serão feitas algumas indicações básicas acerca das transformações teóricas da psicanálise no ensino de Lacan e como elas levam a uma nova compreensão acerca da Ética e da Religião. 

FP.117212. T. E. em Hermenêutica e Ética Antiga: Gadamer leitor de Platão, optativa, 2 cr. - Prof. Dr. Fernando Rey Puente

O curso visa apresentar aos alunos a apropriação filosófica que Gadamer realizou de Platão. A dialética platônica é a base do entendimento da hermenêutica enquanto diálogo e o Bem da República é entendido não como algo transcendente, mas sim como uma dimensão ética imanente. Nesse sentido, o Filebo passa a ser um modelo para pensar a vida prática.

FP.1172LO. Leitura Orientada em Ética II, 1 cr. - Vários professores

 

Linha de Pesquisa: Filosofia da Religião - disciplinas optativas)

FP.017210. T. E. em Religião e Hermenêutica: A Hermenêutica – entre a Poética e a Ética,

2 cr. - Prof. Dri. Nilo Ribeiro

Levando em conta a viragem hermenêutica no pensamento contemporâneo, trata-se de refletir sobre seu impacto sobre a própria filosofia e sobre outras ciências afins, como a teologia. Procurar-se-á num primeiro momento situar as questões filosóficas candentes que brotam da própria história da hermenêutica como movimento, não apenas como disciplina e/ou método. Em seguida, vamos focar a atenção sobre a passagem do “discurso como palavra” para o “discurso como obra” a fim de mostrar, seja a fecundidade da Poética fixada nas diversas produções literárias, seja a maneira como na escritura se articulam compreensão e explicação de modo a se abandonar certas antinomias instauradas no seio da Hermenêutica histórica. Por último, trataremos de abordar a questão específica de uma ética narrativa a partir de obras Poéticas como maneira de estabelecer uma intriga entre discurso, textualidade e ação humana a fim de responder criticamente à tendência de o discurso ético circunscrever-se em torno do modelo reflexivo de corte aristotélico-kantiano.

 

FP.017211. T. E. em Religião e Psicanálise:Ética e religião na psicanálise, 2 cr. - Prof. Dr. Carlos R. Drawin

Após apresentar as teorias e conceitos fundamentais da psicanálise freudiana (metapsicologia), serão estudados e discutidos os efeitos destas concepções na Ética e na interpretação freudiana da Religião. Após esta primeira etapa do curso, serão feitas algumas indicações básicas acerca das transformações teóricas da psicanálise no ensino de Lacan e como elas levam a uma nova compreensão acerca da Ética e da Religião.

 

FP.2172LO. Leitura Orientada em Filosofia da Religião II, 1 cr. -Vários professores

 

 

  Arquivo para Download:
Av. Dr. Cristiano Guimarães, 2127 - Planalto - Belo Horizonte - MG - CEP31720 300 - Como chegar? Tel (31) 3115 7000 - Fax (31) 3115 7015