“A MENSAGEM TEOLÓGICO-PASTORAL DO PAPA JOÃO PAULO II AOS JOVENS DE HOJE NAS JORNADAS MUNDIAIS DA JUVENTUDE”

advanced divider
Autor: Erofilho Lopes Cardoso
Orientador: Prof. Dr. João Batista Libanio
Data da defesa: 25/04/2006
Situação: Concluída
Informações:
Banca Examinadora:

Prof. Dr. Valdir Marques

Prof. Dr. Mauro Passos

Prof. Dr. João Batista Libanio

RESUMO

Este trabalho é um estudo histórico-teológico-pastoral das vinte JMJ (1985-2005) quanto a gênese, finalidade e conteúdo dos vários temas. Analisamos basicamente os seus cinco documentos (cf. bibliografia) e conteúdos fundamentais (mensagens, discursos e homilias) no contexto social, eclesial e teológico das JMJ. Explicitamos a teologia, o ponto fulcral dos textos pontifícios, os pressupostos fundamentais e apresentamos a atualidade da mensagem pastoral do Papa João Paulo II aos jovens, a partir da correlação entre o perfil da juventude e o conteúdo da mensagem pontifícia.

As JMJ nasceram em Roma (1984/1985) para evangelizar os jovens. Anualmente celebra-se uma JMJ diocesana (desde 1986) e, bienalmente, um encontro internacional. Elas são acontecimentos missionários e pastorais, que estimulam a pastoral juvenil com diretrizes pastorais e um largo respiro eclesial, espiritual e cultural, conforme uma proposta querigmática, sacramental e catequética da fé. Depois de percorridos vinte anos de sua gênese e instituição (1985-2005), as JMJ apresentam-se como um meio extraordinário de evangelização do mundo dos jovens hodiernos. O encontro fundamental e revitalizante com Cristo é o ponto central das JMJ.

A teologia explícita do Papa é marcadamente cristológica com ramificações nos campos eclesiológicos, mariológicos éticos e outros. Os pressupostos com que trabalha refletem uma visão de mundo, de pessoa humana, de graça, de Deus. Eles são indicados sumariamente como fundamento das mensagens aos jovens. Mostramos o caráter de atualidade a partir da resposta que elas oferecem aos anseios dos jovens, cujo perfil o próprio Papa traça. Mas a religiosidade da juventude contemporânea não se manifesta monoliticamente nas JMJ: não faltam posições diversas.

A mensagem pastoral do Papa à juventude contemporânea no contexto das JMJ resume-se fundamentalmente na promoção da dignidade da pessoa humana sobre todas as estruturas sociais, no empenho missionário em prol da paz, diante das divisões e na construção da Civilização do Amor, que defende os grandes valores, diante da cultura efêmera de morte, que oferta os antivalores. Daí a melhor herança a ser comunicada às próximas gerações são os valores superiores do espírito: a liberdade, a justiça social e a responsabilidade.

Palavras-chaves:

Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) – Papa João Paulo II- Jovens – Mensagem – Teologia – Pastoral – Jesus Cristo.

Downloads