Pesquisar
Close this search box.

Memória de uma experiência missionária e peregrina

advanced divider

Ediana de Souza Soares

No dia 18 de junho de 2023, aconteceu em Regência – Linhares, Diocese de Colatina (ES), a 6ª Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce, com o slogan “Por um rio doce vivo, limpo e sem fome”.  Mais de quatro mil romeiros das dioceses mineiras e capixabas colocaram-se a caminho até a foz do Rio Doce num ato de fé no Deus da vida, mas sobretudo, num grito profético contra toda ação destruidora da Casa Comum, especialmente, a destruição causada pelo rompimento da barragem de Fundão, em Mariana (MG), no dia 5 de novembro de 2015. Um crime ambiental que ceifou vidas, sonhos, projetos, meios de subsistência; que contaminou a água que serve aos moradores e à fauna ao longo das margens do Rio Doce. Um processo de morte que perpetua na vida de milhares de pessoas devido à presença de metais pesados, usados na mineração, na água.

A realização da Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce foi pedida “pelos participantes da reunião da Província Eclesiástica de Mariana no dia 22 de dezembro de 2015 e confirmada no Seminário Bacia do Rio Doce, que ocorreu de 4 a 6 de março de 2016, em Mariana (MG), e teve como objetivo discutir as consequências da tragédia provocada pelo rompimento da barragem de Fundão, no dia 5 de novembro de 2015” (https://arqmariana.com.br/site_2016/i-romaria-das-aguas-e-da-terra-da-bacia-do-rio-doce-acontece-em-resplendor-mg/index.html). Este movimento eclesial foi interrompido por causa da pandemia, mas retornou com a sua força profética neste ano de 2023. E mantém sua meta originária. Por ocasião da 1ª Romaria, Pe. Marcelo Santiago disse:  “Com esta Romaria fortalecemos os elos de compromisso entre nossas dioceses no entorno da Bacia do Rio Doce, destruída criminalmente pelo rompimento da barragem de rejeito em Mariana e, avançamos no processo de juntar forças e somar parcerias no compromisso de resgate desta Bacia em defesa da vida e corresponsabilidade com o meio ambiente” (https://arqmariana.com.br/site_2016/i-romaria-das-aguas-e-da-terra-da-bacia-do-rio-doce-acontece-em-resplendor-mg/index.html).

Entre as várias atividades realizadas em preparação para o grande dia da Romaria, destaca-se a semana missionária na Paróquia São Paulo Apóstolo que abrange o território do Distrito de Regência e do Bairro Bebedouro, ambos pertencentes ao município de Linhares (ES). O grupo missionário foi composto por cerca de 50 pessoas – leigas, leigos, religiosas e um indígena – das dioceses de Caratinga, Governador Valadares e Itabira-Coronel Fabriciano. Os missionários mineiros, acompanhados pelos missionários locais, visitaram famílias, escolas, projetos sociais, assentamento do MST e as comunidades. Foram visitas mobilizadoras, mas também místicas, tendo o objetivo de despertar para a conversão ecológica. Nos momentos de oração nas famílias, de adoração ao Santíssimo, no Terço dos Homens, nas celebrações da Palavra e da Missa, sempre era conduzida uma reflexão bíblica sobre a criação, que pudesse provocar em todos um olhar inquieto diante da realidade atual e o compromisso pessoal e comunitário pelo cuidado da Casa Comum. E sobretudo, sensibilizar para a situação real dos atingidos e atingidas diretamente pelo rompimento da barragem em Mariana.

Nesta ação missionária, podemos destacar o perfil dos missionários leigos e leigas, que em si mesmo, é um profundo testemunho do evangelho encarnado na vida. São avós (grande presença de idosos), pais e mães, e também jovens, pessoas que participam de suas comunidades, dedicando-se às pastorais e movimentos sociais. Fiéis que entenderam que a fé está integrada com a vida; talvez eles nem saibam que estão seguindo as orientações da Doutrina Social da Igreja.

Outro ponto de destaque é a consciência ecológica das novas gerações. Oxalá esta consciência presente nas crianças e adolescentes guie suas decisões futuras, quando eles estiverem nos cargos políticos, nas atividades religiosas, nos inúmeros campos profissionais, nos postos de decisão da sociedade.

A semana missionária realizou-se dos dias 11 a 17 de junho. Ela iniciou-se com a Missa presidida por Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa, no Santuário Nossa Senhora da Saúde, padroeira da Diocese de Colatina, em Ibiraçu (ES). Nesta celebração os missionários mineiros foram acolhidos e enviados para a Paróquia São Paulo Apóstolo. Na manhã de segunda-feira, o grupo missionário recebeu uma formação sobre a realidade da Diocese, mas especificamente sobre o local da Romaria, Regência. As visitas às famílias e às comunidades foram realizadas durante todos os dias. Na sexta-feira, todos os missionários reuniram-se em Regência, onde o Rio Doce deságua no Oceano Atlântico, para limpar a praia e conhecer a comunidade que sofreu drasticamente com os rejeitos, e ainda sofre. A lama da barragem está visível na margem do rio. No sábado, como preparação próxima, realizou-se a vigília tendo a participação do bispo diocesano de Colatina.

A Romaria constou de uma caminhada penitencial, saindo da Igreja São Benedito até o local da missa na praia, que foi presidida por Dom Lauro. Após a missa foi instalado um cruzeiro próximo à foz do Rio Doce como o marco da Romaria. Houve uma participação significativa de padres e de bispos. Também participaram pessoas não católicas, povos originários (indígenas) e militantes de movimentos sociais.

A experiência missionária e peregrina nesta 6ª Romaria faz-nos reconhecer que a escuta verdadeira à boa-nova de Jesus coloca o cristão em movimento. Quem crê no Cristo Ressuscitado, que recriou o universo estabelecendo a harmonia da criação, não fica estagnado diante da degradação desenfreada da Casa Comum. Mas grita forte e sem medo que a conversão é urgente. Que precisamos voltar nosso olhar para os mais prejudicados com a exploração capitalista dos recursos naturais. O culto que prestamos a Deus deve frutificar em vida nova para os mais pobres e últimos da sociedade, sempre colocados à margem ou ignorados. O convite insistente é: cuidemos de nossos irmãos e irmãs, cuidemos de nossa Casa Comum.

Abaixo seguem os links para a leitura das Cartas sobre a Romaria.

Carta de Dom Lauro Sérgio Versiani Barbosa (Bispo de Colatina) ao Povo de Deus: https://diocesedecolatina.org.br/dom-lauro-divulga-carta-ao-povo-de-deus-sobre-a-6a-romaria-das-aguas-e-da-terra/

Carta da 6ª Romaria das Águas e da Terra da Bacia do Rio Doce: https://cdn.diocesedecolatina.com.br/wp-content/uploads/2023/06/Carta-ao-Povo-de-Deus-Sexta-Romaria-das-Aguas-e-da-Terra_1506.pdf

 

Ediana de Souza Soares é mestranda em Teologia pela Faculdade Jesuíta de Filosofia e Teologia

...