Notícias

Campanha de Vacinação contra Poliomielite/Paralisia infantil no Brasil

O Brasil hoje é considerado pela Organização Mundial de Saúde como um dos países de alto risco para reintrodução do poliovírus selvagem (PVS) na população, tendo em vista as quedas sucessivas na cobertura vacinal observada nos últimos anos em crianças, sendo que, para aquelas menores de um ano de idade, passou de 98,3% (2015) para 69,9% (2021). O último caso confirmado de poliomielite no Brasil ocorreu em 1989, mas a doença ainda é endêmica em alguns países (Afeganistão e Paquistão) mas, recentemente, tem ocorrido casos em Moçambique e Israel, dentre outros países, o que possibilita a reintrodução do vírus no nosso meio. Em Belo Horizonte, até agosto de 2022, a cobertura vacinal para poliomielite em menores de uma de idade alcançou somente 64,5%.

Como estratégia fundamental para manter o Brasil como área livre de circulação do PVS, é necessária a manutenção de altas coberturas vacinais para a população infantil, além da vigilância de casos suspeitos de paralisia flácida aguda em menores de 15 anos de idade.

A campanha de vacinação contra a Poliomielite iniciada em todo país no dia 8 de agosto tem como objetivo primordial alcançar uma cobertura vacinal de 95% para as crianças de 1 a 4 anos de idade.  Para esta ação, todas as crianças deverão ser vacinadas de forma indiscriminada com a Vacina Oral Poliomielite (VOP), desde que já tenha recebido três doses da Vacina Inativada Poliomielite (VIP). Assim, mesmo que o cartão vacinal destas crianças esteja completo com todas as vacinas de rotina atualizadas, deverão receber uma dose de VOP. A objetivo desta ação é disseminar o poliovirus atenuado da VOP por via fecal-oral a outros indivíduos não vacinados, impedindo a circulação do vírus selvagem importado de países com transmissão da doença.

Em Belo Horizonte, desde o início da campanha, do total de 104 mil crianças de 1 a 4 anos, somente 26,7% foi vacinado com a VOP. Neste sentido, ressaltamos a necessidade de engajamento de todos nesta campanha, em especial dos profissionais de saúde, recomendando a vacinação de nossas crianças e mantendo o país livre da circulação do vírus da poliomielite.

Ressaltamos que todas as vacinas destinadas para esta campanha estão disponíveis nos 152 centros de saúde de BH, que podem ser consultados no seguinte link: https://prefeitura.pbh.gov.br/saude/informacoes/atencao-a-saude/atencao-primaria/centro-de-saude.

Fonte: Sinep BH/MG

EnglishPortugueseSpanish